Menu de Páginas
TwitterRssFacebook
Menu de Categorias

Postado por em ago 8, 2017 em Instrucional, Novidades | 0 comentário

Como tratar um funcionário que não bate ponto no Simpax?

Como tratar um funcionário que não bate ponto no Simpax?

É comum o cliente ter que lidar com esta necessidade. E é muito fácil resolver isto no Simpax!

Em 1o lugar é importante validar se o funcionário que não bate ponto deve ser cadastrado no Simpax. Afinal, como o Simpax tem como objetivo principal o Gestão do Ponto, talvez não faça sentido que o funcionário esteja cadastrado.

Por outro lado, como o Simpax tem diversas funcionalidade assessórias, é comum um funcionários que não bate ponto precisar estar cadastrado. Normalmente isto se deve a um ou mais dos seguintes motivos:

  1. O funcionário faz acesso a algum local controlado pelo Simpax.
  2. O funcionário recebe benefícios (vale-transporte, vale-refeição, cesta básica etc.) controlado pelo Módulo de Controle de Benefícios do Simpax.
  3. O funcionário, apesar de não bater ponto, tem o controle de folgas e dias extras feito através do Simpax.
  4. O funcionário não bate ponto, mas é o gestor de outros funcionários que batem.
  5. A empresa utiliza o Simpax para ajudar na Gestão do Departamento Pessoal / Recursos Humanos e deseja ter todos os funcionários cadastrados no Simpax.

Há então 2 forma de lidar com funcionários que não batem ponto:

  1. Marcar a opção Ponto Bloqueado no Cadastro de Funcionários.
  2. Marcar a opção Não Gera Falta no Cadastro de Turnos.

Quando usar cada opção?

  • Marcar a opção Ponto Bloqueado no Cadastro de Funcionários terá a seguinte conseqüência:  este funcionário não será enviado para a lista de pessoas autorizadas a bater ponto nos equipamentos.

 

NaoBatePonto.Funcionario

 

  • Marcar a opção Não Gera Falta no Cadastro de Turnos terá a seguinte conseqüência:  este funcionário não receberá faltas no Cartão de Ponto quando não tiver marcações.

 

NaoBatePonto.Turno

 

Usadas em conjunto, estas 2 opções dão flexibilidade para atender todos as necessidades acima e outras ao lidar com colaboradores que não batem ponto.

 

Deixe uma resposta